RSS 

 

Biopalma oferece cursos de qualificação para moradores de Moju
Notícias - Geral
Qua, 18 de Abril de 2012 08:58

O Programa Capacitar desenvolvido pela Biopalma  abrirá inscrições nesta  segunda (16/4) e terça-feira, (17) para os cursos de qualificação técnica nas áreas de Elétrica e Mecânica, focados em manutenção industrial.  Serão 36  vagas destinadas aos  moradores de Moju e região. Os candidatos devem ter  idade igual ou superior a 18 anos e Ensino Médio completo. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no horário de 9h às 16h, na Escola Oton Gomes de Lima, em Moju. Esta é a segunda turma do programa, iniciado e, 2011, quando formou 62 novos profissionais, com 59 % de aproveitamento para o quadro de pessoal da empresa.

No ato da inscrição, os candidatos devem apresentar original da carteira de identidade (RG),  CPF próprio ou do responsável, além dos comprovantes de escolaridade e de residência.

As provas serão aplicadas no dia 5 de maio e inicio das aulas previstas para ocorrem no dia 21 de maio, no Centro de Treinamento, em Moju, na PA- 150, km 5, Vila Sarapoí. Todo o treinamento, que tem carga horária de 400 horas, correspondendo a 5 meses, será realizado pelo Senai, parceiro pedagógico da iniciativa.

Sobre a Biopalma

A Vale detém o controle acionário da Biopalma da Amazônia S.A. Reflorestamento Indústria e Comércio, empresa produtora de óleo de palma. A destinação principal do óleo será a produção de biodiesel pela Vale para alimentar sua frota de locomotivas, máquinas e os equipamentos de grande porte das operações no Brasil, usando o B20 (mistura de 20% de biodiesel e 80% de diesel comum). A previsão é começar a produzir a matéria-prima ainda este ano, e até 2019, a expectativa é chegar a 500 mil toneladas de óleo por ano.  Atualmente a empresa emprega cerca de 5.200 trabalhadores, entre próprios e terceiros.

Moju foi o primeiro município a ter um pólo da empresa Biopalma e o primeiro também a concluir o plantio do dendê. É neste município que está em fase de implantação a primeira usina extratora de óleo de palma.Quando a indústria estiver operando, o que está previsto para acontecer ainda no primeiro semestre deste ano, haverá oferta de novos postos de trabalho, especialmente nas áreas de operação e manutenção do empreendimento.

A Biopalma já fez o plantio em 48 mil hectares de áreas próprias nos municípios de Moju, Tomé Açu, Concórdia do Pará, Abaetetuba, Bujaru, São Domingos do Capim e Acará. Todas as áreas utilizadas no cultivo do dendê são áreas mapeadas e demarcadas pelo Governo Federal como áreas fortemente alteradas. Além disso, um Programa de Agricultura Familiar foi lançado em fevereiro de 2010 e tem como meta envolver duas mil famílias com o plantio de dendê até 2013.

Carmem Oliveira